O que as pessoas dizem sobre o Teatro

 

"O Theatro da Paz é um "amigo", não só dos artistas mas sobretudo dos homens comuns de Belém. Essa é uma característica que o diferencia da maioria dos teatros brasileiros. Imponente e com ótima acústica, suas paredes são testemunhas de um importante passado. Em 1869, quando Brahms ainda tinha 36 anos, iniciava-se sua construção. Foi-se o período áureo da borracha, mas o Theatro da Paz continua vivo. E mais bonito.
Arnaldo CohenPianista

"Eu tenho uma relação estreita com o Theatro da Paz. É um teatro lindíssimo. Lá fiz o primeiro concerto profissional de minha vida, com as pessoas pagando entrada para me ouvir. Foi quando ganhei o meu primeiro cachê aos oito anos de idade. Por isso eu tenho uma ligação sentimental com ele."
Arthur Moreira LimaPianista

"A beleza do Theatro da Paz é uma coisa fora do comum. É sem dúvida, um dos teatros mais belos do mundo, não só do Brasil. Eu já regi lá algumas vezes e o conheço muito bem, inclusive a parte acústica que é muito boa. Da última vez que estive em Belém, há alguns anos ficava morrendo de medo, porque ele estava tão abandonado que dava para ver algumas fiações descobertas. Eu rezava para que aquilo não pegasse fogo. A restauração foi uma das coisas mais sensacionais que eu já vi, uma dessas coisas raras que acontecem na cultura brasileira. O teatro foi praticamente reconstruído, de forma muito criteriosa. O Brasil ganha uma casa de espetáculo a nível internacional."
Júlio MedagliaMaestro

"Maravilhoso teatro, localizado em outra maravilha que é Belém. É um centro cultural importantíssimo e tem um público dos mais calorosos, muito sensível. Parabéns ao governo do Pará por ter restaurado esta belíssima obra de arte."
Maria Lucia GodoyCantora

"No início dos anos 60 eu fiz a minha primeira audição neste que eu considero o "meu teatro". Eu tenho essa casa como a "minha casa". A casa que me conduziu à arte. A minha vida foi muito ligada ao Theatro da Paz. Eu conheço quase todos os teatros brasileiros e posso afirmar que ele é um dos mais perfeitos. Não tem um luxo ostensivo, exagerado. Tem classe. Estou muito feliz com a reinauguração e farei questão de me apresentar cantando ao lado do coro".
Marina MonarchaCantora

"A minha primeira récita no Theatro da Paz foi há mais de 30 anos. É um dos teatros mais bonitos do Brasil, um dos meus favoritos. Ele não é assim suntuoso; ele é simpático, alegre. Das outras vezes que voltei a Belém, lamentei justamente que ele tivesse fechado. Fico muito contente que o teatro seja reinaugurado, pois tenho um carinho muito especial por ele. Acho que é uma grande coisa para o ótimo público da cidade. É realmente maravilhoso que o tenham restaurado."
Nelson FreirePianista

"O que mais me chamou a atenção nas vezes em que me apresentei no Theatro da Paz foi o carinho do público paraense. Na minha última récita lá [em 1986, com a ópera O Guarani], eu lembro que os cantores e a orquestra improvisaram "Adeus Belém do Pará" e o público cantava e acenava junto. Foi um espetáculo que eu nunca mais vou esquecer...Naquele instante eu pensei: "Está bom, aqui eu termino a minha carreira de cantora cênica. Desde então, eu nunca mais encenei uma ópera."
Niza de Castro TankCantora

"O Theatro da Paz é uma das casas de espetáculo mais lindas que eu conheço. Ele tem pinturas e afrescos muito bonitos e as cadeiras ainda são todas de palinha. É um teatro fantástico, com uma acústica maravilhosa. Sem falar na importância de sua história, que inclui o próprio Carlos Gomes."
Roberto TibiriçaMaestro